Saiba como deve usar a linha 112

Quando nos deparamos com uma situação de emergência, é fundamental estarmos preparados para ajudar quem necessita de ser socorrido. Assim, para além de termos noções básicas de primeiros socorros, é também muito importante sabermos qual o número de emergência, válido para toda a União Europeia, o 112. è igualmente importante sabermos aquilo que vamos dizer assim que nos atenderem, de forma a se ganhar tempo e poder-se salvar uma vida.

01-01-2014 10-37-47

A revista Visão deu a conhecer como se deve usar o 112, a linha que salva vidas, e achámos que esse é um assunto muito pertinente e deveras útil, e portanto sentimos a necessidade de dar a conhecer, a quem nos lê, as directrizes que devem segur caso sintam a necessidade de ligar para o número de emergência, para que se consiga uma ajuda mais rápida e adequada.

O INEM atendeu um total de 1 150 107 chamadas de emergência em 2012, o que corresponde a uma média de 3 142 chamadas por dia. Gerir tantos pedidos de socorro não é tarefa fácil para os operadores. Em face a desta realidade, o INEM junta-se ao grupo editorial LeYa, numa parceria que visa promover a correta utilização do número 112: todos os livros comprados durante o mês de dezembro terão um pequeno marcador com algumas dicas sobre as informações fundamentais a transmitir, durante uma chamada de emergência médica.

In Visão

Como ligar para o 112 – Número Europeu de Emergência

Para ligar para o 112 deve, antes de mais, ter um motivo, pois infelizmente sabemos que há quem ligue ‘por piada’, e isso pode sair caro, principalmente porque se ocupa uma linha que pode ser vital para alguém em necessidade. Portanto, sejam responsáveis ao utilizar o 112.

  • Pode ligar para o 112 caso esteja envolvido ou testemunhe algum género de emergência como acidentes, doenças súbitas, agressões, intoxicações, assaltos, incêndios, entre outras situações.
  • A chamada será atendida por um operador da Central de Emergência da Polícia de Segurança Pública (PSP). Esta chamada é gratuita e pode fazê-la a partir de telefones fixos ou de rede móvel, e em qualquer país de União Europeia.
  • Devemos indicar, logo de seguida, o endereço e número de telefone ao operador que nos atende.
  • Quem nos atende irá fazer a triagem da situação, dará conselhos sobre como devemos proceder em seguida, e irá accionar os meios de emergência adequados à situação.
  • As chamadas que são emergência médica, são reencaminhadas para o CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) pertencente ao INEM.
Missões de helitransporte no âmbito da emergência médica
Missões de helitransporte no âmbito da emergência médica
O que deve dizer ao ligar o 112

Assim que liga para o número 112, é fundamental saber o que dizer de forma clara e sem dúvidas, pois assim é meio caminho andado para uma boa compreensão por parte de quem está do outro lado, e também para que, cheguem ao local, os meios mais adequados.

  • Indique o género de situação, como doença, acidente, parto, agressão, etc.
  • Indique o número de telefone a partir do qual está a ligar.
  • Indique a sua localização exacta, referindo pontos de referência (ex: perto de um edifício importante).
  • Indique qual é a aparente gravidade da situação.
  • Deve também dizer qual o número de pessoas que necessitam de socorro, bem como o sexo e idade.
  • Refira quais as queixas e sintomas da pessoa a socorrer, bem como possíveis alterações que vá observando.
  • Deve ainda indicar ao operador determinadas situações específicas, por exemplo um perigo de incêndio que exija accionar outros meios no local.
  • Desligue a chamada somente quando o operador o indicar.
Viatura médica em assistência a um pedido de ajuda
Viatura médica em assistência a um pedido de ajuda
O que fazer em caso de INTOXICAÇÕES
  • Quando a situação de emergência médica é uma intoxicação ou envenenamento, pode ligar logo para o número do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 808 250 143 – que terá um custo de uma chamada local.
  • Caso a chamada não seja rapidamente atendida, ligue para o 112 ou dirija-se ao hospital mais próximo.
  • Ao ligar para o CIAV, a chamada é atendida por um médico que coloca as seguintes questões:
    • QUEM? – Deve indicar a idade e o sexo da vítima. Se a pessoa estiver grávida deve também indicar essa situação.
    • O QUÊ? – Refira o nome do medicamento, substância ou produto ingerido pela vítima, ou a planta, animal que causou a intoxicação/envenenamento.
    • QUANTO? – Indique qual a quantidade ingerida, ou o tempo de exposição ao produto tóxico.
    • QUANDO? – Refira há quanto tempo é que a vítima foi intoxicada/envenenada.
    • ONDE? – Deve indicar o local onde ocorreu a intoxicação/envenenamento.
    • COMO? –  Refira em que moldes a vítima foi intoxicada: se ingeriu o produto em jejum, se foi juntamente com outros alimentos, etc.
O que fazer logo após uma intoxicação?

Antes de ligar para o CIAV ou para o 112, saiba o que fazer imediatamente a seguir à ingestão ou exposição a um produto tóxico, de forma a prevenir o agravamento da situação:

  • Em caso de contacto com os olhos, deve lavá-los abundantemente com água a correr durante 15 minutos. Mantenha as pálpebras afastadas durante esta acção e não aplique qualquer outro género de produtos.
  • Caso tenha havido contaminação da pele, deve retirar as roupas que possam ter sido contagiadas pelo produto, e lave a zona contaminada com água corrente durante 15 minutos.
  • Se a vítima tiver sido picada ou mordida por um animal, deve em primeiro lugar imobilizar a zona afectada. Em caso de picadas de abelhas, vespas, lacraus ou mordidelas de víbora, coloque algo frio na zona afectada. Coloque algo quente somente em picadas de peixe-aranha.
  • Se a vítima tiver inalado algum produto tóxico, deve retirá-la do espaço contaminado.
  • Em situações de ingestão de alimentos envenenados, não provoque o vómito e dê à vítima alguns goles de água ou leite para beber.

Quando as chamadas não são emergência, ligue para a Linha Saúde 24

A Linha Saúde 24 é uma linha para chamadas de não emergência, quando não são necessários os meios de emergência no local. Caso ligue para o 112 e se verifique que não é uma situação de emergência, a chamada será reencaminhada para a Linha Saúde 24.

  • Pode ligar para a Linha Saúde 24, marcando o número 808 24 24 24, com um custo de uma chamada local.
  • O atendimento é feito por enfermeiros que dão aconselhamento profissional de forma a se saber lidar com a situação de saúde em questão.
  • No início da chamada, é pedido o número de cartão de utente, portanto confira se tem esses dados à mão.

Esperamos que este guia seja útil a todos para que se actue mais rapidamente, e de forma a mais adequada, em situações de emergência.

Related Posts

Leave a Comment!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *